Como saber se está na hora de mudar de emprego? Veja aqui!

3 minutos para ler

Um levantamento feito no início de 2020 pela empresa Índice de Confiança Robert Half (ICRH) mostrou que cerca de 40% dos profissionais com nível superior estão insatisfeitos com o salário que recebem. Mas esse não é o único fator que desperta o desejo de mudar de emprego em muitas pessoas, e foi pensando nisso que nós criamos este artigo.

Siga em frente com a leitura para conferir alguns indícios de que está na hora de você buscar outras oportunidades no mercado, ou mesmo de se aventurar em uma área diferente.

Desejo de um salário melhor

Como apontou a pesquisa que mencionamos, nem sempre os salários que as empresas oferecem agradam aos colaboradores. Se esse é seu caso, sondar vagas atrativas é o pontapé inicial para alcançar um reconhecimento financeiro mais alto.

Para ganhar valor no mercado, um profissional precisa estar em constante atualização, buscando cursos e fortalecendo sua imagem pessoal.

Falta de vontade de ir ao trabalho

Todos os dias você enfrenta uma batalha para conseguir sair da cama e ir ao trabalho? Esse sentimento é um forte indício de que algo está “fora dos trilhos” em sua rotina profissional.

Por mais que o dia a dia apresente seus desafios, ocupar um cargo em uma empresa também tem que propiciar prazer e realização. É necessário refletir e analisar os motivos responsáveis pelo seu estado frequente de desânimo.

Pouco envolvimento em projetos desafiadores

Uma carreira que “estacionou” também é uma razão sólida para mudar de emprego. Caso trabalhe em um lugar que não oferece as oportunidades de desenvolvimento e os desafios que você busca, talvez seja o momento de sair e procurar isso em outra organização.

Antes, vale a pena ter uma conversa franca com seus superiores para ver a possibilidade de um plano de carreira ou de investimento em um novo projeto inovador.

Estresse constante relacionado ao trabalho

O estresse excessivo ocasionado pelo trabalho recebe o nome de síndrome de burnout, que já atinge cerca de 33 milhões de profissionais brasileiros. Se você faz parte desse número, procure rever a influência do seu ambiente de trabalho na sua saúde e no seu bem-estar.

Empresas que mantêm culturas de competitividade, pressão excessiva e discriminação exercem um impacto negativo sobre os funcionários. Conseguir deixar ambientes tóxicos como esses é importante para melhorar a qualidade de vida.

Desânimo com a profissão

Sua profissão já não traz orgulho ou satisfação como antes? Pessoas que passam anos em uma mesma área de atuação podem acabar desenvolvendo esse sentimento. Cabe lembrar que não há nenhum mal em explorar outras possibilidades e tentar se inserir em outro campo.

Nesses casos, é importante criar um plano de ação que envolva sua saída do trabalho atual, um período de nova qualificação e recolocação no mercado.

Esses são alguns sinais que podem motivar você a mudar de emprego. Identificou algum deles em sua rotina? Se a resposta for positiva, está na hora de começar a se informar a respeito de oportunidades de recolocação profissional e vagas mais atrativas.

Para ficar por dentro de dicas sobre como montar currículo, participar de entrevistas e mandar bem em processos seletivos, siga a Aknor no Facebook e no LinkedIn.

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Abrir WhatsApp
Precisa da gente?
Olá! Podemos te ajudar?
Powered by